Bitcoin Hoje – Cotação em tempo real
BTC
R$
DOLAR HOJE Ver cotação
EURO HOJE Ver cotação
BITCOIN HOJE Ver cotação

Bitcoin Hoje – Cotação em tempo real

Saiba tudo sobre o Bitcoin

Muitos ainda têm medo dela, mas é uma moeda muito utilizada mundo afora e possui cotações elevadíssimas. Fisicamente, ela não existe. E o que isto quer dizer? Quer dizer que o Bitcoin é uma moeda totalmente virtual, você não consegue “pegar” nela e só a comercializa virtualmente.

Você pode, tranquilamente, comprar produtos na internet ou mesmo em lojas físicas e pagar estes produtos com os bitcoins. Toda a transação é feita eletronicamente, sem o uso de moedas ou notas. Existem muitos estabelecimentos pelo mundo que já aceitam o Bitcoin como moeda válida.

Mas enfim, o que é o Bitcoin? Conceituadamente, Bitcoin é uma moeda digital, também chamada de criptomoeda e foi criada em 2019 por uma pessoa totalmente desconhecida que usava o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Suas principais características são a “descentralização”, a oferta limitada, pois não possui um lastro como as moedas convencionais, a imutabilidade, a divisibilidade e a pseudo-anonimidade, ou seja, você não precisa se identificar.

E é uma moeda segura? Para muitos, não. Para a maioria das grandes instituições financeiras do mundo, também não, pois não querem ou não queriam aceitar o Bitcoin como moeda válida. Atualmente, algumas destas mesmas instituições que negaram o Bitcoin antes, já a estão inclusive comercializando.

Nenhuma autoridade oficial, banco ou instituição financeira controla a moeda Bitcoin. Ela é, portanto, totalmente livre e mantida por um grupo de desenvolvedores voluntários anônimos e administrada por uma rede aberta de computadores espalhados por todo o mundo.

Portanto, ela pode sim ser considerada uma moeda válida e segura, mesmo considerando que você não precisa se identificar ao comercializá-la. Como não existe um órgão central ou instituição financeira que a controle, os usuários não precisam se identificar ao transacionar seus bitcoins no mercado virtual.

Quem determina a Cotação do Bitcoin?

Podemos resumir que a cotação desta famosa moeda virtual ou criptomoeda é determinada pelo próprio mercado. E o que isto significa? Significa que a comercialização livre dos bitcoins é quem determinarão sua valorização ou desvalorização.

Como comprar ou transacionar os Bitcoins?

Existem várias maneiras de adquirir bitcoins:

Existem muitas pessoas que desejam vender bitcoins em troca de um cartão de crédito ou mesmo de um pagamento PayPal. No entanto, a maioria das trocas da moeda Bitcoin não permitem o financiamento utilizando-se estes métodos de pagamento.

Quais as Vantagens de se utilizar os Bitcoins?

Podemos citar inúmeras delas, mas sigamos com base em suas próprias características, que são:

Com isto, o comerciante fica protegido, pois não haverá perdas causadas por fraude ou estornos fraudulentos, por exemplo. O cliente também, pois seus dados e consequentemente seus bitcoins (que é o seu dinheiro) jamais poderão ser utilizados/roubados por terceiros, ou seja, segurança para ambos os lados.

Não existe uma pessoa física em específica ou qualquer organização que possa controlar ou manipular o protocolo do Bitcoin por que este é criptograficamente seguro. Isto garante total transparência e neutralidade.

Consigo ganhar muito dinheiro com Bitcoins?

Não se iluda, você não vai enriquecer comercializando Bitcoins. Como qualquer transação comercial, o Bitcoin também oferece riscos. Desta forma, você pode sim ganhar muito dinheiro comercializando bitcoins como pode também perder muito dinheiro. Isto vai depender de sua negociação, valor de mercado entre outros tantos fatores influenciáveis.

Qual o futuro do Bitcoin?

Toda a rede Bitcoin já poderia estar processando um número muito maior de transações por segundo do que processa atualmente. Isto já demonstra o poder que esta rede possui, mesmo que não esteja sendo totalmente utilizado e todo este poder só não é utilizado ainda porque não está totalmente preparada para ser dimensionada à um nível das grandes redes e transações de cartões de crédito.

No entanto, várias ações e trabalhos já estão sendo realizados para mudar isto, o que significa que a rede só tende a crescer, cada vez mais. Podemos considerar até que o seu começo foi assim, tímido, duvidoso e todos os aspectos da rede Bitcoin teve um contínuo processo de maturação.

Economicamente, muitos países, respaldados por grandes instituições financeiras, já questionaram e tentaram de alguma forma “legitimar” o Bitcoin. Na verdade, esta legitimação viria em forma de impostos, cobranças de taxas e a administração da moeda virtual por uma ou mais instituições financeiras ou organizações governamentais.

No entanto, a possibilidade disto acontecer é praticamente “0”, pois o protocolo Bitcoin em si não pode ser modificado de forma alguma sem a devida cooperação de todos os seus usuários membros, os quais escolhem livremente o software que desejam utilizar.

A vã tentativa de atribuir direitos especiais a uma autoridade qualquer, organização, banco, etc., nas regras da rede global Bitcoin é totalmente impraticável.

Obs.: existem alguns países que podem oferecer certas restrições na comercialização interna do Bitcoin (como a Argentina e a Rússia, por exemplo).